quinta-feira, 6 de outubro de 2016

A magnitude e a perfeição do Universo

O dia em que pudermos entender que vivemos em uma perfeição absoluta, acabam todos os sofrimentos, toda dor, todo medo, toda tristeza.
Nessa grande teia de que interliga tudo a todos, obter a compreensão desse processo seguramente é algo impossível. Mas, mesmo que embora não consigamos esse entendimento, o simples fato de CONFIAR que tudo está acontecendo – exatamente – como deveria, nos arremete a uma condição totalmente diferente.
Deus é perfeito! Tudo o que ele criou é perfeito! Tudo o que acontece na minha vida é simplesmente perfeito para o momento que estou experimentando.
Olhe um pouco para o seu passado. Veja quantas e quantas coisas que, exatamente quando aconteceram, você achou que estava tudo errado, que foi falta de sorte, que você era uma vítima do destino. Mas, depois de algum tempo, você percebe que tudo aquilo aconteceu para o seu melhor, mesmo que na época você não entendesse nada.
Assim, volta para o presente. Veja tudo o que está acontecendo. É evidente que você não terá toda a compreensão, mas por favor, ACEITE tudo isso. Por favor, não se rebele contra o que está acontecendo. Mais tarde, você vai entender e me dar razão.