terça-feira, 23 de março de 2010

Enquanto o Amor existir, há a esperança de felicidade

Depois de alguns anos de muita turbulência em minha vida, quando eu já estava desistindo de continuar, ela surge linda, majestosa e cheia de encantos.

- A felicidade ainda existe - disse-me uma voz distante... Perplexo, não acreditei no que ouvia. A vida me transformara em um cético, frio e calculista, ríspido e sem emoções, que por vezes duvidava até mesmo da própria existência.

- A felicidade ainda existe - continuava a voz distante... Por mais uma vez olhei a minha volta, por mais uma vez procurei por ela, sem sinais, muito mesno indícios de qualquer coisa parecida.

- A felicidade ainda existe - ela não parava de falar... Eu já impaciente desejava brigar novamente com tudo ao meu redor.

- Está bem! Está bem! - Disse eu. A felicidade existe, mas aonde ela está?

De subito, uma forte pontada no peito me chama a atenção.

- Estou aqui, e em mais nenhum outro lugar. Qualquer coisa que você possa encontrar fora do seu coração, além de passageiro, pode e deve lhe trazer muita dor. Mas quando você for capaz de sentir a felicidade que vem de dentro, essa é eterna e transforma todo o seu mundo externo, em tudo aquilo que você deseja.

- Assim, seja feliz primeiro! O restante virá automaticamente.

(este texto foi inspirado pelo amor a uma mulher)
m trozidio